top of page

2024 – O começo num plano mais elevado

Atualizado: 22 de dez. de 2023

Enfim, o momento do balanço chegou! Seja por um motivo religioso ou cultural, os últimos dias do ano vem carregado de estímulos que nos fazem refletir e avaliar os pontos positivos e negativos que percorreram os acontecimentos da nossa vida.


Tenho a sensação de que 2023 passou como um flash e que realmente fez jus a carta do tarô que o representou, O Carro.



Como condutor(a) ou passageiro(a) acredito que ninguém escapou da transformação e aperfeiçoamento moral e/ou espiritual neste ano. Através do conceito de certo e errado que foi amplamente debatido, muitos de nós conseguimos alcançar um processo mais claro de desapego em direção a novos horizontes e aprendizados.



Agora, chegamos em um ponto de parada!


01 de janeiro de 2024 será o portão que abre e apresenta um novo caminho evolutivo para humanidade onde o poder espiritual irá atuar sobre a matéria, equilibrando e estabilizando as leis cósmicas.


Segundo a numerologia, o ano de 2024 terá a regência do número 8 (2+0+2+4)


Como diz o provérbio grego: “Todas as coisas são oito”


O número 8, considerado o número completo, representa a plena e completa encarnação do espírito em uma matéria que se torna, por si mesma, criadora e autônoma, que organiza suas próprias leis à imagem das leis espirituais.


No simbolismo religioso, o oitavo passo é considerado como uma meta merecedora de esforços para ser alcançada. No caminho da salvação a alma tem de passar pelos sete céus dos sete planetas, até chegar à oitava esfera, o firmamento, onde habitam os deuses.



Na mitologia do Oriente o oito é muito reverenciado. Como no I Ching (oráculo chinês) que está baseado em combinações de oito trigramas. Na Índia os hindus acreditam que a grande Deusa Lakshmi se apresenta de 8 formas distintas, Oito Manifestações, zelando pelas fontes de riqueza universal da humanidade como: o desejo, os recursos, a saúde, a descendência, o poder, a coragem, o conhecimento e a vitória. A flor de lótus aberta, é normalmente retratada com 8 pétalas, simbolizando a beleza interior. Além disso, suas 8 pétalas representam as direções do universo, um símbolo de harmonia cósmica muito presente nos desenhos harmônicos das mandalas.



Fontes: Flor de Lótus (Pexels) e Ashtalakshmi - Eight forms of Lakshmi (Wikipedia)


No reino animal encontramos a aranha com suas oito pernas, que para as mitologias antigas seria a criadora do Mundo e sua teia é associada ao cosmos, sendo ela a responsável por tecer a realidade. Na Colômbia, as aranhas são responsáveis por transportar as almas para o outro mundo. Na África ocidental, a aranha é responsável pela criação do Sol, da Lua e das estrelas e depois ficou como intermediária do Homem e do deus do céu que lhe deu vida. No hinduísmo, a teia de aranha está presente nos antigos textos dos Vedas, no mito do véu da deusa Maya associada a beleza da criação do Mundo. Na Grécia e nas culturas do Médio Oriente e do Mediterrâneo, temos o mito de Aracne, a jovem exímia nas artes da tecelagem.


Em grego, o próprio nome de Jesus simboliza a triplicidade do número 8. O valor numérico da palavra resulta em 888.


JESUS (IH∑OY∑): I (Iota) = 10, H (Eta) = 8, ∑ (Sigma) = 200, O (Omikron) = 70, Y (Ypsilon) = 400, ∑ (Sigma) = 200


No mundo moderno, os computadores “pensam” em unidades chamadas bytes, cada uma delas formada por oito bits binários (0 ou 1).





Desde os primórdios o número 8 é associado a materialidade, não somente ao físico e palpável, mas ao caminho de construção que une o divino ao humano, simbolizando a harmonia cósmica representada no caduceu de Hermes, onde duas serpentes entrelaçadas representam o movimento eterno do cosmos e a relação dos deuses com a humanidade.



Fonte: Allec Gomes - Pexels


Portanto, é muito simplório acreditar que o número 8 está relacionado somente a riqueza, finanças e dinheiro.


O número 8 representa o elo entre o Céu e a Terra, o tempo e a eternidade. Quando colocado na horizontal, o número 8 se torna a chamada Lemniscata, um símbolo que se originou do Ouroboros (a cobra que “come” a própria cauda) e que possui o mesmo significado: de nascimento, vida, morte, renascimento, autossuficiência e imortalidade. Este princípio, que também ilustra o princípio hermético “o que está em cima é como o que está embaixo”, que por sua vez, corresponde no Cristianismo ao “assim na terra como no céu” e faz alusão ao oitavo dia da ressurreição de Cristo, não tem fim, pois se abriu a porta para a eternidade para a humanidade.


Na iconografia hindu, as cobras são frequentemente descritas como seres protetores, poderosos e onipresentes. No entanto, também podem estar associados a qualidades negativas, como arrogância, ganância e desejo.


Por isso, quando consideramos esta dualidade nas cartas do tarô, encontramos a carta dA Justiça, que no tarô tradicional de Marselha é a carta de número 8.


Com a imagem de uma mulher sentada segurando na mão direita uma espada e na esquerda uma balança, ela é responsável por “pesar” e “cortar” os excessos mundanos e ajustar as ações, sentimentos e pensamentos às leis espirituais universais.


Seu supremo poder imparcial é capaz de julgar as forças negativas conforme a ordem cósmica. Sem a sua atuação, a injustiça, a desigualdade, o favoritismo, a hipocrisia, a imoralidade imperam.





Portanto, o ano de 2024 será um ano para consolidar nossos aprendizados.


Não há mais tempo a perder, precisamos subir mais um degrau da evolução, afinal em 2025 a humanidade entrará em contato com a energia do número 9 (assunto para o final de 2024).


Sendo assim, o que nos reserva 2024?


As perspectivas positivas e desafiadoras indicam que devido aos progressos tecnológicos ocorridos nos últimos tempos, será possível obter notícias sobre a criação de máquinas ainda mais inteligentes que auxiliam o ser humano em atividades agrícolas, procedimentos cirúrgicos, progressos científicos e até mesmo em tarefas quotidianas. Este desenvolvimento objetiva a ampliação das nossas capacidades, sejam elas físicas, mentais, emocionais e/ou espirituais.


Por outro lado, existe a possibilidade de máquinas mais potentes para prejudicar e destruir com mais eficiência e velocidade a natureza, os animais e até nós mesmos.




Encontraremos também mais reconhecimento e valorização profissional, seja no âmbito pessoal como em grandes corporações privadas e políticas, principalmente nas áreas jurídicas e econômicas. Mas, infelizmente, também podemos nos deparar com favoritismo e hipocrisia, por isso, precisamos tomar cuidado com a politicagem.


Autoridades e pessoas mundialmente conhecidas serão destaques, seja por amparar e influenciar com bons exemplos grandes massas, bem como, por estarem envolvidas em grandes golpes, injustiças, crueldades, abusos de influência.


Em 2024 podemos ver também processos judiciais há muito tempo pendentes, sendo concluídos. Principalmente casos de comoção nacional ou internacional.



Infelizmente, a ideia de ser 8 ou 80 pode prevalecer, mantendo em evidência a severidade, a intolerância, a desigualdade e comportamentos antiéticos.


Portanto, será preciso sabedoria para atingir seus objetivos em 2024.


Tal como na mitologia nórdica, onde o deus Odin precisou arrancar um dos seus olhos para beber da fonte da sabedoria, serão necessários alguns sacrifícios, uma dose extra de esforço, pois, é somente com olhos da sabedoria que conseguiremos enxergar e ir mais longe.





Um Ano Universal 8 é um ano ideal para abrir e/ou investir mais no seu negócio, buscar ascensão profissional, alinhar sua imagem pessoal ao que você deseja expressar, estudar algo que lhe dê mais visibilidade, autoridade e estabilidade material, bem como, regularizar pendências judiciais, saldar dívidas, regularizar inventários, testamentos, etc.





Áreas profissionais de destaque em 2024: economia, administração, finanças, engenharia, gestão política, segurança, química, carpintaria, investigação criminal, auditoria, farmácia, especialista em armas de fogo ou explosivos, direito, logística e atletas de alto rendimento.




Pessoas nascidas nos dias 08, 17 e 26 e as pessoas que possuem 8 no seu Mapa Pessoal, conseguirão se afinar melhor com as vibrações de 2024, pois reconhecem e se adaptam com mais facilidade a intensidade do número 8.


Cores: tons de cinza-escuro, azul-escuro e tonalidades de púrpura

Cristais: topázio imperial, jaspe sanguíneo, ônix

Arquétipo de poder: aranha

Elemento: terra

Sistema solar: Mercúrio e Saturno

Dia: Quinta-feira

Flores: Cravo-de-defunto e Boca-de-leão

Signos: Leão, Escorpião

Número: 8

Deuses: Mercúrio e Posêidon

Deusas: Cibele, Gaia, Hera e Vênus

Elemento: Estrela de Istar ou Estrela de Inana


Fonte: Wikipédia

 

Lembre-se!


O Ano Universal 8 é conhecido com o ano da colheita, portanto o que foi plantado, semeado e frutificado nos anos anteriores você agora terá as dádivas de colher.


Então é preciso refletir:

Quais sementes você plantou?

Você foi paciente em semear?

Pensar agora na colheita: te alegra ou amedronta?

É preciso maturidade para entender que se você plantou banana, não irá colher maçã!



Portanto, se você começar a colher frutos diferentes do que imaginava, mude imediatamente sua postura e trace novas estratégias. Não há mal nenhum recomeçar arando a terra e agora plantar as sementes e semear de forma mais consciente. Saiba que sempre existe solução quando o desejo de mudança é genuíno.


Desejo que 2024 seja um ano de muita luz, paz, saúde e harmonia.


Que você colha bons frutos de suas plantações e que estes frutos estejam alinhados ao divino que habita em você.


Feliz 2024!!!!

 

Referências:

Infopédia

Simbologia Oculta

A numerologia e o triângulo divino

Simbolismo e significado dos números

Numerologia cármica

La clave secreta de los números

ABC da Numerologia

Número Sagrado


*** Demais fotos são do WIX

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


bottom of page