Terapia Transpessoal

Despertar de uma nova consciência

Minha abordagem envolve diversas práticas, vivências e exercícios sem qualquer vínculo a uma crença ou credo religioso. Meu objetivo é inspirar e contribuir para que você HABITE O SEU CAMINHO.

Habite? Sim, você leu corretamente.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

No dicionário a palavra habitar significa: Ter a sua residência, morar, viver, estar presente em.

E foi nesse último significado “estar presente” que alicercei o meu trabalho, isto é, o autoconhecimento e desenvolvimento pessoal só acontecem se você estiver presente (consciente) em seu caminho.

Quantas vezes nos momentos de crise você se “pegou” pensando que estava no caminho errado? Será que nesse momento você não está pensando assim?

E quantas vezes você tem a sensação de que está “vivendo” o caminho do outro e não o seu?

Não estou dizendo que você deve viver só a sua vida, esquecer das pessoas/situações que os cerca, pelo contrário o que quero enfatizar é que você pode caminhar junto, algumas vezes pode ser necessário entrar no caminho do outro para ajudar, apoiar, até carregar, porque não?

Porém não pode esquecer que o seu caminho vai permanecer lá aguardando a sua volta e é só através dele que você mantém o seu eixo, onde você tem o poder de definir qual será o ritmo da passada, qual o momento que irá andar mais rápido, quando vai querer parar e caminhar mais devagar apreciando a paisagem.

Portanto o AUTO... conhecimento, respeito, amor, cuidado não devem ser esquecidos nunca!

Manter-se consciente do caminho é que levará você ao desenvolvimento, a realização que tanto almeja.

Se você sentiu que este é o momento para se conhecer melhor e caminhar com passos firmes em seu caminho é só me chamar! Será um prazer acompanhar seu desenvolvimento para que verdadeiramente

HABITE O SEU CAMINHO!

 
Image by Fa Barboza
Image by Dani Costelo
Image by Carla.JPG
 

Afinal qual a origem da Psicologia Transpessoal?

Reconhecer a dimensão espiritual na essência biológica humana faz com que a Psicologia Transpessoal seja um dos marcos mais importantes dos últimos tempos para o despertar da humanidade. A Psicologia Transpessoal é considerada a quarta força da Psicologia. Surgiu na década de 60 com a coragem de renomados psicólogos e psiquiatras como Abraham Maslow e Stanislav Grof que introduziram o tema espiritualidade no meio acadêmico sem demarcar qualquer limite religioso ou científico.


Apesar da Psicologia Transpessoal ser um movimento contemporâneo, ela acolheu todas as linhas de estudos humanas entendendo a importância de inter-relacioná-las com as tradições das antigas civilizações com um único objetivo: expandir a consciência para novas realidades.


Carl Gustav Jung foi um dos responsáveis por expandir além dos “muros” do Movimento Transpessoal a aceitação das tradições espirituais no universo das psicologias. Jung para fundamentar suas teorias realizou intensas pesquisas sobre alquimia, religiões ocidentais e orientais, parapsicologia, astrologia e métodos divinatórios, inovando a visão científica com que tais tradições eram classificadas.